30 maio 2014

[Resenha] Eu amo New York - Lindsey Kleik

Lindsay Kleik
Título: Eu amo New York (I Love #1)
Autor(a): Lindsay Kleik
Editora: Fundamento
Gênero: Chick Lit
Sinopse: Será que fugir do ex-noivo rumo ao destino mais vibrante e inesquecível do planeta pode ser o suficiente para curar um coração partido? Para Angela Clark, a inglesa mais indecisa do mundo... sim! Com um pouco mais do que um par de sapatos Louboutin e seu passaporte, é New York - a cidade onde a vida pulsa de verdade - que Angela escolhe como seu destino de aventuras. E lá encontrará a ajuda da pessoa mais antenada da cidade, Jenny, sua nova melhor amiga. Indecisa entre dois homens ma-ra-vi-lho-sos, tentada pelas vitrines das lojas mais famosas do mundo e com medo de ter que voltar para Londres, Angela terá que tomar muitas decisões. E o mais importante: ela relata essas experiências para os leitores do blog de uma revista famosa! Hummm... será que isso vai dar certo?! E será que Angela vai querer chamar NY de “casa” para sempre? E você? Depois de uma temporada em NY, não iria querer chamar essa cidade fabulosa de “casa” também? 
Eu ganhei esse livro em uma promoção no blog da Cida, o Moonlight Books e sinceramente não esperava gostar tanto da história! Lindsay criou uma heroína feminina que faz exatamente o que a gente tem vontade e se contém: fugir para New York após o fim de um relacionamento!

 Angela Clarke é uma Londrina de 26 anos que está noiva de Mark, com quem namora desde os 16 anos. No dia do casamento de sua melhor amiga Louisa, ela vai até o estacionamento pegar uma mala que faltou descarregar do carro e flagra Mark com outra garota fazendo sexo no carro. Descobre ainda que enquanto ela ficava em casa esperando por ele, que dizia estar trabalhando ou jogando tênis, aquela garota era quem fazia dupla com ele, contra Louisa e Tim. O_O

Em choque, ela entra no salão do casamento e antes que a valsa comece, ela confronta Louisa e com o salto de seu Laboutin, o enterra na mão do Tim. Logo cedo, no dia seguinte, teria que encarar a todos no café da manhã e justificar ter agido de forma egoísta e estragado o casamento da melhor amiga e machucado o noivo. Antes que isso acontecesse, ela se vingou fazendo xixi na necessaire de Mark e pegou uma avião até New York, o mais longe que o dinheiro que eles haviam economizado para o casamento a levaria.

Sem conhecer ninguém, se reserva em hotéis, peso na consciência e um coração partido, ela terá que enfrentar as consequências de suas escolhas.


Logo de cara eu simpatizei com a protagonista. Ela é avoada e tem a frequente mania de pensar em outras coisas enquanto falam algum assunto, importante ou não. rs Semelhanças com quem lhes conta essa história é mera coincidência.

Achei o tema super conveniente para um chick lit, pegar o namorado com outra e descobrir que seus melhores amigos sabiam e não fizeram absolutamente nada é desolador e obviamente a fez ficar em dúvida sobre em quem confiar. Em New York ela se hospeda num luxuoso hotel com vista para a Union Square e logo descobre que a distância não vai colar os pedaços de seu coração. A Recepcionista Jenny percebe que Angela está no fundo o poço e se intitulando a nova Ophra, resolve dar uma repaginada no visual da nova amiga.

Ela corta o cabelo, compra um guarda roupa novo e uma bolsa de marca e já na primeira semana consegue a atenção de dois belos moços. Tyler, um rico e lindo corretor da bolsa de investimentos da Wall Street e Alex Reid, um bad boy que é vocalista de uma banda não muito famosa. Você vai se apaixonar por ambos, assim como eu e cada um por um motivo diferente.

Erin, amiga de Jenny e com uma experiência de 1 casamento e 2 noivados nas costas, ajuda Angela a se familiarizar com "As Regras" de namoro em New York e adorei essa parte, rs pois ouvimos tanto isso por aí e no fim, vemos que nada daquilo faz sentido ou funciona de verdade. rs

Angela tem de enfrentar muita coisa em New York, e se vê no constante dilema: voltar para New York e enfrentar sua derrota emocional, ou tentar uma nova vida em outro País. Ela consegue um emprego de escritora em uma Revista Internacional online, como blogueira onde têm de contar suas novas aventuras românticas e isso só piora sua situação. Seu visto está vencendo, ela está saindo com dois homens completamente opostos ao mesmo tempo, mas não está totalmente curada. O que fazer????

Uma confusão é o que melhor nomeia as últimas semanas da vida de Angie. Me identifiquei com ela e a admirei, pois ela fez o que a gente vive falando que teria vontade de fazer, mas não fazemos, claro. Nos falta coragem ou ousadia???? Todas as escolhas que Angela tem de tomar nos fazem pensar, refletir e muito embora seja um chick lit, se você pensar nos subtemas trazidos por Lindsay, (anulação, traição, recuperação de coração partido, amizade, paixão, sexo, trabalho x vida pessoal e raízes) vai encontrar no mínimo um deles com o qual se identifique.

Um conselho de alguém que está desesperada pela continuação: Leia, Leia correndo!!!!

PS: No final do livro Lindsay relaciona todos os endereços dos lugares que Angela visitou em New York, com certeza visitarei alguns quando eu for!!!


10 comentários:

  1. Ahhhhhhhhhhhhhh que coisa mais fofa de livro.
    Já estava de olho quando lançou, deve ser muito bacana e divertido =) Amo ler livros do gênero e esse com certeza está na lista.

    ResponderExcluir
  2. Que resenha mais fofa! Fiquei apaixonada e louca pra ler Chrys! Vi alguém falando desse livro em um vídeo esses dias e até lá eu não tinha conhecimento de sua existência mas vocês duas gostaram tanto que não tem como eu não querer ler. Parece super divertido e além disso com romance :D
    É meio que uma série né?! Tem Eu amo New York, Eu amo ... e por aí vai. Espero que você consiga ler os outros logo e o desespero se vá kkk

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Aiiii que eu precisooo ler esse livro, é completamente a minha cara. Namoro ele há séculos até que mês passado ganhei de presente. Mas cadê o tempo para ler :( Que bom que você gostou. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, mas amei a sua resenha, com certeza quero ler. Adoro ler chick-lit, sempre me divirto muito. Gosto de ler livros sobre Nova York.

    ResponderExcluir
  5. Uau! Amei, Chrys!
    Olha que nunca li um chick lit, sempre deixo pra depois as risadas que poderia dar em troca das lágrimas garantidas com meus dramas...
    Talvez porque não tenhamos coragem de tomar certas atitudes vingativas assim - boas moças que somos, rs -, o livro parece que faz as vezes dessas revanches por nós. Fazer xixi na necessaire, que ideia maravilhosa!!! Kkkkkkk! Tive uma 'amiga' traíra que ficou com meu ex (eu ainda me recuperando da dor de cotovelo) e deveria ter feito exatamente isso: enfiado meu salto agulha na mão do maldito e um quente xixi nas coisas dela! Aff! Imagino a sensação de libertação depois disso! kkkkkkkkk!
    Ir pra NY serve pra tudo, né? Pra curar, pra pirar, pra ser mais do que somos... e no final refletir. Que bom que um livro aparentemente divertido e despretensioso traga ainda boas doses de reflexão.
    Amei sua resenha.Beijo!
    Ler para divertir

    ResponderExcluir
  6. Noossa Chrys eu sou louca pra ler esse livro, amo a capa dele e sou louca pra conhecer NY!!! Noossa tadinha da Angela, que chato ein pegar o namorado com outra e os melhores amigos saberem, acho que a amiga dela mereceu ter o casamento estragado!! ahahah E uaaau ela é bem ousada, sempre que tô muiito estressada, dá uma vontade de me mandar, mas falta coragem e $$$$ hahahahaha. Fiquei super curiosa pra ler!

    Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  7. li bons comentários sobre esse livro e acredito que venha a ser uma leitura agradável e que faça rir
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. JÁ vi esse livro em outro blog e adoro a ideia dele, é um livro para se ler rápido, E PARECE-ME SER MUITO LEVE, e é desse tipo de leitura que estou em busca no momento, eu vou ler e me deliciar com a sga dela, e um chick-lit é sempre bem vindo!!!

    ResponderExcluir
  9. Li este livro e posso dizer que é uma ótima leitura leve e com um toque de ousadia da personagem que nos faz pensar que podemos fazer qualquer coisa. Maravilhoso

    ResponderExcluir
  10. Parece ser uma leitura muuuuuuuuuito gostosa! Imagino que lendo esse livro eu daria é umas muitas e boas risadas! E os "namorados" dela? Isso deve dar muito o que falar!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!