23 julho 2015

{Resenha} Fortaleza Digital - Dan Brown

Dan Brown
Nome do livro: Fortaleza Digital
Autor(a): Dan Brown
Editora: Arqueiro
Nº de Pág: 336
Classificação:
Sinopse: Antes de estourar no mundo inteiro com O Código Da Vinci, Dan Brownjá demonstrava um talento singular como contador de histórias no seu primeiro livro, Fortaleza Digital, lançado em 1998 nos Estados Unidos. Muitos dos ingredientes que, anos depois, fariam com que o autor fosse reconhecido como um novo mestre dos livros de ação e suspense já estavam presentes no seu romance de estreia: a narrativa rápida, a trama repleta de reviravoltas que prendem o leitor da primeira à última página e o fascínio exercido por códigos secretos, criptografia e enigmas misteriosos. Em Fortaleza Digital, Brown mergulha no intrigante universo dos serviços de informação e ambienta sua história na ultrassecreta e multibilionária NSA, a Agência de Segurança Nacional americana, mais poderosa do que a CIA ou qualquer outra organização de inteligência do mundo.Quando o supercomputador da NSA, até então considerado uma arma invencível para decodificar mensagens terroristas transmitidas pela Internet, se depara com um novo código que não pode ser decifrado, a agência recorre à sua mais brilhante criptógrafa, a bela matemática Susan Fletcher.Presa numa teia de segredos e mentiras, sem saber em quem confiar, Susan precisa encontrar a chave do engenhoso código para evitar o maior desastre da história da inteligência americana e para salvar a sua vida e a do homem que ama.


Dan Brown é um dos meus autores favoritos desde minha leitura de "O Código da Vinci", sempre com temas diferentes e com uma narrativa instigante ele manteve o padrão em "Fortaleza Digital", um suspense de virar incessantemente as páginas.

Com uma abordagem diferente Dan nos aproxima de termos e nomenclaturas específicas da área da criptografia/tecnologia da informação, o que fez com que eu me sentisse um pouco fora do contexto quando os personagens mencionavam Criptografia, Compressão de dados, Algoritmos, etc, todavia, fiquei fascinada não só pela história, como pela quantidade de informação nova que recebi.

Neste livro nos aprofundamos no mundo da Criptografia, aqui, temos  uma protagonista, Susan Fletcher, que é a chefe do departamento de Criptografia da NSA, a agência mais poderosa e secreta do mundo. Tanto FBI quanto CIA dependiam do trabalho de inteligência desenvolvido ali.

Durante anos a agência pôde manter a segurança nacional contra terroristas, espiões, governos ou facções hostis. As comunicações eram interceptadas e decodificadas com a finalidade única de proteger o país de ameaças internas e externas. Até então, não havia mensagem criptografada que a tecnologia e as mentes geniais da NSA não pudessem "quebrar".

Contudo, em um dos finais de semana de folga mais esperados por Susan, as coisas começam a ficar estranhas. Seu noivo David Becker é o Diretor do Departamento de Línguas Modernas da Universidade Georgetown e recebera um chamado de emergência, ela, chamada às pressas pelo Comandante Strathmore à NSA.

Os Criptógrafos da NSA não trabalhavam aos sábados, era uma das regras informais mais respeitadas  pelos matemáticos daquele departamento, de forma a manter o equilíbrio, e justo o Comandante a quebrara, o que significava uma emergência.

Strathmore conta a Susan que o super computador TRANSLTR captou um código inquebrável e mesmo contando com a incredulidade de Susan, conta-lhe que o código fora criado e divulgado na internet por um ex-funcionário da NSA, Ensei Tankado. Chamado de "Fortaleza Digital"o código era uma vingança pelo País que anos atrás tirou-lhe os pais e condenou-o a um corpo deformado.

O Código obviamente possuía uma chave de encriptação, entretanto, essa chave estava guardada em um anel, apenas Ensei sabia sua localização, mas agora estava morto, fora misteriosamente assassinado. A localização e guarda do anel era a missão de David, o que ele não esperava é que um assassino estaria em seu encalço para impedi-lo de descobrir a senha do anel.

Enquanto isso, Susan luta desesperadamente para salvar as coisas que mais ama nessa vida: a agência onde trabalha e o homem de sua vida.

Ao contrário dos outros livros de Dan que possuíam temas aos quais eu estava mais familiarizada, aqui a matemática, a lógica, a criptografia e o mundo tecnológico imperam, justamente temas aos quais eu tenho toda a dificuldade do mundo. Porém, devo alertar que isso é uma deficiência minha à mais básica operação aritmética, não querendo dizer que o autor aborda o assunto profundamente a ponto de o leitor ficar entediado. As revelações, o clímax até o final do livro levam o leitor até a última página sem a menor dificuldade.

A Narrativa é ágil e os capítulos curtos, o que facilita e mantém o interesse conforme vamos tentando descobrir e juntar os pontos do mistério. E como não poderia deixar de ser, Dan levanta questões polêmicas que neste caso diz respeito à privacidade de informações, até que ponto a Segurança Nacional pode invadir nossos direitos individuais? Questões que superam a esfera ética e chegam ao âmbito constitucional.

Muito embora muitos possam alegar que este não é o melhor livro do autor, devemos lembrar que este foi sua primeira publicação. A história se desenvolve em dois núcleos diferentes, sem uma trama complexa, porém com muitos mistérios, muita traição e reviravolta. Quando você pensa que descobriu o vilão e seus motivos, percebe que está enganado e parte em busca de outro algoz.

Eu consegui descobrir o mistério antes de Susan e David, mas isso não foi suficiente para me fazer perder o interesse em concluir a leitura. O final clichê não desmereceu o trabalho fantástico de Dan que escreveu um livro fantástico, atual e há 16 anos. Palmas a ele por ser um visionário.

Recomendo com certeza.

Um comentário:

  1. só li um do Dan, aliás aquele que o consagrou, e confesso que mesmo com vontade de ler, não vai dar por agora, não é um momento bom
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!