28 julho 2014

[Resenha] Dias perfeitos - Raphael Montes

Raphael Montes
Nome do livro: Dias Perfeitos
Autor(a): Raphael Montes
Editora: Companhia das Letras
Nº de Pág: 280
Classificação: 
Sinopse: Téo é um solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e examinar cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Ela está escrevendo um road movie sobre três amigas que viajam em busca de novas experiências. Obcecado por Clarice, Téo quer dissecar a rebeldia daquela menina. Começa, então, uma aproximação doentia que o leva a tomar uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez. O efeito é perturbador. Téo fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas atitudes com uma lógica impecável. A capacidade do autor de explorar uma psique doentia é impressionante – e o mergulho psicológico não impede que o livro siga um ritmo eletrizante, repleto de surpresas, digno dos melhores thrillers da atualidade. Dias perfeitos é uma história de amor, sequestro e obsessão. 
Peguei esse livro ontem, após tantos elogios da Paty e da Manu, terminei agora cedo. Sim, rápido assim. Muito embora o livro seja recheado de cenas fortes e tensas você se vê obrigado a virar página após página para saber o final de Téo e, apesar de eu ter previsto o desfecho, o desenrolar dele foi surpreendente, conheça "Dias perfeitos" de Raphael Montes.

Teodoro é um estudante de medicina que cuida da mãe paraplégica e tem como melhor amiga, o cadáver da aula de anatomia, a Gertrudes. O garoto era estranho, não gostava de ninguém, não nutria nenhum afeto para sentir saudades, sentia-se um monstro. Numa tarde, obrigado pela mãe a ir a um churrasco de suas amigas, Téo acaba conhecendo Clarice, uma garota espevitada, falante e dona de uma beleza exótica.


Téo consegue o número da garota, descobre onde estuda e onde mora e a partir daí, se torna obcecado por ela, seguindo-a incansavelmente. Ele faz isso sentindo-se um gênio e a salvação da moça, porém, quando ela o rejeita, desperta nele aquele monstro adormecido a vida inteira. Disposto a fazê-la enxergá-lo e amá-lo, Téo bate repetidamente na cabeça dela com um livro, deixando-a desacordada, a coloca dentro de uma mala e a leva para sua casa. Dopa a garota com o remédio para dormir da mãe e sai para conseguir pertences básicos, como algemas e mordaças no sex shop e furtados do laboratório da faculdade.

Não podendo ficar ali por muito tempo, pois seu cachorro a denunciaria, ele dopa o cachorro a ponto de matá-lo (sem sentir o menor remorso) e decide fazer a viagem que Clarice estava prestes a fazer quando ele a sequestrou. Em meio a muitas aplicações de anestésicos e presa às algemas, o casal seguiu para um hotel fazenda em Teresópolis, um local afastado, sem internet e sequer sinal de celular. A viagem fora motivada em Clarice escrever seu roteiro e para que se conhecessem melhor, na cabeça do rapaz, isso seria o suficiente para que ela o amasse.

Porém, algemada, amordaçada, privada de sair do quarto, seria a melhor maneira de conquistar seu amor e respeito? As loucuras de Téo apenas começaram, revelando um ser humano doentio, deixando o leitor tenso e com medo de encontrar em seu caminho um Téo assim.

**********

Me permiti, mais uma vez, furar a fila da leitura do mês e em nada me arrependi. Achei que Raphael é um novo gênio que nossa literatura precisava no gênero de suspense/thriller psicológico.

Conforme você vai virando as páginas, você se choca com a perversidade e naturalidade com que Téo lida com as situações que ele mesmo causa, e acha que nada pode piorar, mas a verdade é que sempre piora e me peguei diversas vezes com a mão na boca, descrente de que aquilo pudesse mesmo estar acontecendo.

A narrativa é fantástica e consegue te prender de forma a achar que dormir é desnecessário. A construção dos personagens foi algo que me deixou embasbacada, a riqueza de detalhes, de pensamentos e atitudes condizentes com a personalidade, deram uma realidade incrível à história, de modo a te fazer temer encontrar um homem assim, que chega e destrói sua vida.

Outro fator que merece destaque foi a maneira com que Raphael conseguiu levar a maioria das 280 páginas com apenas Téo e Clarice, sem se tornar nem um pouco enfadonho ou cansativo, a cada capítulo uma reviravolta acontecia, uma crueldade era inserida e eu me via mais presa.

Devo confessar que desde o sequestro previ o final e isso não me incomodou, pois todo o desenrolar da história até lá foram perfeitamente congruentes para isso. O final aberto permite que todos gostem do rumo que a história tomou, eu particularmente preferi o mais sombrio, rsrsrsrsrs

Não é uma leitura fácil para quem se choca com facilidade, pois algumas cenas fortes são contadas em detalhes, dando uma tal realidade a ponto de você praticamente assistir à cena.

Forte, fantástico e genial, o thriller merece nada menos que 5 estrelas! Se você gosta do gênero, não pode perder!!!

21 comentários:

  1. Oi Chrys,
    Li esse livro nesse fim de sábado, acredita? Estou perplexo com todos os fatos que ocorreu nesse livro! hahaha Sua resenha resumiu bem a obra e as minhas emoções!
    Fico sem crer como o Raphael construiu bem a mentalidade do Téo. E aquela frieza descomunal assustava demais!!!!

    Eu concordo com tudo que você mencionou na resenha, a esperteza do Téo e sua cara de dissimulado acreditando que tudo aquilo era um bem para Clarice! Sem dúvidas é um livro forte e arrebatador!

    Minha resenha vai ser publicada em breve. Posso te convidar aqui para dar uma conferida quando eu a publicar?!

    beijos
    -Adriano Gutemberg (do tópico no FB)

    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie Flor
    Eu já li Dias Perfeitos é gostei muito do livro, certamente não queremos desgrudar até terminar o livro. Sim, tem cenas muitos fortes e Raphael me surpreendeu muito. Sério que você previu o final? Eu nunca imaginei aquilo. De verdade. Apesar das cenas horríveis, não conseguir largar o livro.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  3. confesso que não é um livro que me atraia em principio!
    seu enredo apesar de muito bem elaborado não me conquistaria
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu confesso que não tenho muito estomago pra esse tipo de leitura, eu me choco facilmente e livros desse gênero me deixam muito impressionada, nível ter pesadelos :/
    Mas, acredito que pra quem gosta do gênero, sem dúvidas é uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  5. Eu confesso que não tenho muito estomago pra esse tipo de leitura, eu me choco facilmente e livros desse gênero me deixam muito impressionada, nível ter pesadelos :/
    Mas, acredito que pra quem gosta do gênero, sem dúvidas é uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  6. Eu estou louca pra ler, mas sou cagona demais pra isso. Sei que vou ficar impressionada, principalmente porque é possível acontecer. Pra mim, histórias com personagens psicologicamente perturbados chocam mais do que as que envolvem seres sobrenaturais temidos ou animais como vilões (tipo Tubarão).
    Pelos comentários que leio, o Raphael veio pra abalar, muito bom ver um autor tão jovem fazendo todo esse sucesso.
    Beijinhos!
    Giulia - prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Oiee
    Gosto de thriller mas não a ponto de ser meu gênero preferido,me surpreendi com essa resenha pois eu não dava nada pelo livro e agora descubro que ele é assim,tão interessante.
    Téo me lembra bastante o Norman de Bates Motel,com sua personalidade obcecada e perigosa.
    Vou ler com certeza.beijos :)

    ResponderExcluir
  8. Oie flor, tudo bom?
    Esse livro me ganhou desde a capa, é linda, clara e super misteriosa, dá um ar de: Leia para saber hahaha'
    Eu adoro thrillers *-* sabe o que mais me deixou empolgada com a tua resenha? O fato de falar tão abertamente, sem enrolação. E só de saber que a narrativa é fantástica fiquei aqui babando e morrendo de vontade de me aventurar nesse.
    Adoro livros que tem esse lado mais sombrio, com cadáveres, medicina e etc.
    Quero muito ler.
    BEijos!!!

    ResponderExcluir
  9. Chrys, sua linda, vc leu!!! E gostou! Não é daqueles livros que precisamos falar sobre ele depois? Que precisamos recomendar? Fiquei inquieta porque não tinha com quem falar sobre a loucura de Teo e Clarice... então lia resenhas pra comentar, saber as opiniões.
    Eu tb fiquei colada ao livro. Queremos saber no que vai dar. E tb gostei muito do final, mas não descobri como vc, apenas torci, hahaha... Autor habilidoso é assim: coloca o leitor na cabeça de um psicopata e faz a gente torcer por ele, rsrs.
    No filme o final será diferente.

    Amei sua resenha!
    Beijoooooo!

    ResponderExcluir
  10. Já estou sendo fã sem mesmo ler o livro, porque vejo tantas boas referências do escritor e da leitura que quero ler o quanto antes. Também fiquei curiosa porque muitas pessoas não gostaram do fim do livro, dizendo que o final não deveria ser o que é. Como não li e não posso dar opinião só espero que não seja muito aberto. Gosto de livros que tenham começo meio e fim, não que a gente tenha de dar final!

    ResponderExcluir
  11. Oi Chrys, tudo bem?

    Muito já ouvi e li desse livro, até mesmo comparações dele com Misery do Stephen Foda King, afinal, as premissas são idênticas, digo, a parte do fanatismo, sequestro e torturas. Enfim, personalidades como a do Téo são ótimas para prender o leitor na leitura, pois são elas que mostram até qual ponto o ser humano pode chegar. Pareceu-me um ótimo thriller/suspense, pretendo ler até porque #AdoroOCaos muahaha.

    Abraços,
    Gustavo Demétrio
    Vida de Leitor - vidadeleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu já tinha lido uma resenha anterior a sua e foi a mesma resposta positiva quanto ao livro.
    Parece ser uma história muito tensa, mas que prende o leitor.
    Gosto de livros assim, que me prende e não me deixa parar de ler.
    Amei a sua resenha e quero muito ler o livro.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Chrys!

    Eu também achei a narrativa do Raphael fantástica, e nunca vi alguém discordar disso. Mas tive problemas com a leitura, justamente por isso. Realmente tem cenas fortes contadas em detalhes, e na mais forte de todas (acho que você vai saber de que cena estou falando) tive que parar de ler e ir atrás de livrinhos leves para conseguir continuar a leitura. Pois é. Meu estômago é fraco, e me impressiono muito facilmente. Mesmo assim, não me arrependi de terminar de ler e, como você, preferi o final mais sombrio... rs... Apesar de revoltante, é algo que com certeza poderia acontecer.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Histórias previsíveis, mas que te envolvem e surpreendem mesmo assim <3
    Eu estou LOUCA para ler o livro do Raphael. Descobri que esse é um gênero bacan de se ler e agora quero todos hahaha

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  15. Olá, que livro é esse hein??? Vi esse livro na época de
    lançamento e achei até curioso, a capa. Mas não sabia que
    a narrativa era assim tão empolgante. Gostei muito, do que disse
    na resenha, adoro histórias assim que prendem o leitor. E me deixou
    mais animada é que o final você meio que previu, mas que não atrapalhou em
    nada, espero poder ler esse livro. Adoro o gênero,

    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Adorei a resenha! Tenho muita vontade de ler este livro e agora, vendo sua opinião, fiquei mais curiosa ainda. O enredo é mesmo muito bom e gostei de saber que o autor soube construir bem o personagem e prender o leitor no livro. Deve ser uma estória cheia de tensão mesmo! Quero pra ontem hahaha
    beijos

    ResponderExcluir
  17. Nossa Cris
    O Teo é um loucooo, tem gente que acha que pode fazer tudo por amor, mas não é bem assim. Estou mega curiosa para a leitura desse livro, depois de tantos elogios.
    Excelente resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Chrys,

    Não conhecia o livro, mas sua resenha me deixou sem ar.
    Adorei a forma como você abordou a história e parece que ela é muito emocionante e que surpreende o leitor a cada página.
    Com certeza quero conferir.

    beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. CHRYS, como é que você me apronta uma dessa!? EU PRE-CI-SO DESTE LIVRO! Ele está entre os meus top desejados desde que um colega meu o mencionou. Depois fui descobrir que se tratava de um livro que estava sendo amplamente explorado e divulgado na mídia… E agora vejo a primeira resenha sobre ele, na qual encontro uma opinião tão emocionante quanto o livro parece ser!
    Menina, precisei recuperar o fôlego ao fim da sua resenha. A história me soou alucinante! kkkk. Eu quero ler para ontem! E acho que farei como você, no fim… Dias Perfeitos, quando chegar à minha mão, furará fila, kkkkk.
    Adoro suas resenhas, Chrys!
    Beijos!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Oi Flor!!
    Primeiro que tenho que te dizer que a sua resenha desse livro, foi a melhor que eu li até agora! Parabéns! Vc devorou o livro, eu vivo furando a minha fila, fico depois numa correria danada para não me atrasar com os de parceria.
    Eu amo trillers eu li poucos, mais bons livros do gênero! E esse nacional está se destacando em todo lugar! Vou ler e fazer como vc! ahahah
    Um grande Beijo!
    Paulinha Juliana - Overdose Literária!

    ResponderExcluir
  21. Sério que você desvendou o final logo de cara? Eu só percebi faltando poucas páginas pra terminar o livro, só aí me dei conta de que não daria tempo pra outro desfecho.
    Muitas cenas são realmente pesadas, eu tive que pausar várias vezes a leitura, o medo dominou aqui.
    Mas Raphael é demais, surpreendente.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!