03 agosto 2015

{Resenha} Entre o Agora e o Nunca - J.A. Redmerski

Nome do livro: Entre o Agora e o Nunca
Autor(a): J.A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Nº de Pág: 359
Classificação: 

Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino.Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois.
Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.
Começo minha resenha com um alerta. Tendo em vista que o livro é escrito por ninguém menos que J. A. Redmerski, ele é altamente viciante, desperta os mais profundos sentimentos e deixa você, leitor, completamente apaixonado! Preparem os lencinhos (muitos)!!!

"Entre o agora e o nunca" é um New Adult que nos conta a história de Camryn Bennett, uma jovem que sempre sentiu que não pertencia a onde estava, mas agora, a vida prova que esta não é, de longe, sua melhor fase. Um acidente mata seu namorado e melhor amigo Ian, seus pais se divorciam e seu irmão foi condenado à 5 anos de prisão por dirigir alcoolizado e matar um inocente. 

Como se não bastasse todos esses dramas, Damon, o namorado de Natalie, sua melhor amiga, se declara para ela. Com a intenção de alertar a amiga para as reais intenções e sentimentos de Damon por ela, Cam conta a verdade para Natalie, que não aceita muito bem.

Sem mais nada que a prenda, ela pega um ônibus e sai em uma viagem sem destino final. Com o primeiro itinerário para Idaho, Cam conhece Andrew Parrish, um jovem que como ela, também se sente deslocado. Com a intenção de protegê-la, o garoto tenta, em vão, uma aproximação. Depois de tudo, Cam está fechada para novos relacionamentos.

Andrew não desiste e vai se aproximando aos poucos, conforme Cam vai se abrindo e logo criam um forte laço de amizade. Com objetivos completamente diferentes, Cam quer fugir de sua vida e Andrew está indo ao encontro da dele, em uma tentativa de compartilhar com o pai os últimos momentos da vida dele.

Mas como se separar agora que as coisas estão caminhando tão bem? Andrew então propõe a Cam uma viagem sem rumo, de carro, com muito rock n´roll.

Com personagens fortes e cativantes, Redmerski te conduz à última página em uma velocidade lancinate e você termina o livro boquiaberta e pensativa, em transe com tamanha contradição entre a leveza da narrativa e a densidade dos sentimentos do casal.

Uma viagem de transformação que possui uma das melhores playlists que já encontrei em um livro. Uma jornada incrível que te conecta ora com Cam, ora com Andrew por ser um retrato escancarado de como a vida é. Não se importe com o que pensam de você, não seja aquilo que não é para agradar ninguém, e vá ao encontro do que você deseja.

Com reviravoltas, muita música boa, muita paixão e descobertas, "Entre o agora e o nunca" é o livro para se ter na estante, ler várias vezes e desejar enlouquecidamente a continuação. Um livro que irá te fazer repensar em suas escolhas. Voce está mesmo onde gostaria?

Para que vocês leiam e se contextualizem, assim como eu, preparei um vídeo com a playlist das músicas que citam no livro, é Rock n´Roll clássico na veia Babe! Boa Viagem!

3 comentários:

  1. Oi Chris ^^
    Nossa, eu ficaria bastante surpreso se o namorado de alguma amiga minha se declarasse. Eu não optaria por contar a ela. Somente me afastaria. Caso ela quisesse saber o pq disso aí sim eu contaria.
    Fugir da cidade? Eu DEFINITIVAMENTE não faria isso. Se fizesse não seria por uma amiga não ter aceitado a verdade. Mas parece que Cam não tem outro laço afetivo na cidade e a amiga nem para ser compreensiva com ela. Poxa, Cam perdeu o namorado que devia ser o amor de sua vida. Sei que deve ser muito devastador saber que a pessoa que vc está não te ama, mas acredito que faltou empatia da Natalie.
    Quanto a essa amizade criada no bus, não é um pouco forçada? Pelo menos nunca tive relatos de nenhum amigo ou parente que teve um diálogo informal ou sentiu algo por alguém dentro de um bus numa viagem.
    Não vejo nada que me prenda no livro, mas como vc citou que a autora escreve muito bem darei uma chance para esse livro. Vai que ela acaba me conquistando. rs
    A capa do livro é muito linda. Xonei nela. :D
    Parabéns pela resenha, Chris. Já estou escutando a playlist e caindo numa nuvem de pensamentos conflitantes. Adoro esse gênero. Sério. Bjs :*

    http://peregrinodanoite.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. oi flor, eu gostei bastante deste livro, achei a proposta estilo pé no chão e sonhos na cabeça maravilhosa e tem um pouquinho de drama que só tende a acrescentar
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Chrys, acredita que eu tenho este livro e ainda não o li? E olha que fiz um monte de coisas para tê-lo...
    Mas tudo bem, ainda dá empo. Quem bom que gostou,e amei esta ideia da playlist, parabéns!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!