05 agosto 2014

[Resenha] Os Três - Sarah Lotz

sarah lotz
Nome do livro: Os Três
Autor(a): Sarah Lotz
Editora: Arqueiro
Nº de Pág: 391
Classificação: 
Sinopse: Quinta-Feira Negra. O dia que nunca será esquecido. O dia em que quatro aviões caem, quase no mesmo instante, em quatro pontos diferentes do mundo. Há apenas quatro sobreviventes. Três são crianças. Elas emergem dos destroços aparentemente ilesas, mas sofreram uma transformação. A quarta pessoa é Pamela May Donald, que só vive tempo suficiente para deixar um alerta em seu celular: Eles estão aqui. O menino. O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas... Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. Pastor Len, avise a eles que o menino, não é para ele... Essa mensagem irá mudar completamente o mundo. 
É muito complicado falar de Os Três sem soltar spoiler. Um livro escrito de uma maneira diferente nos traz inúmeras perspectivas.

Aos 12 dias do mês de janeiro de 2012, os passageiros de 4 aeronaves embarcavam em continentes diferentes,sem saber que teriam o mesmo destino: cair com seus aviões! Uma catástrofe nunca antes vista na história da aviação e que chocava não só os familiares dos falecidos, mas o mundo inteiro. E como se isso não bastasse, 3 passageiros sobreviveram de forma completa e inexplicavelmente, 3 crianças!


Inicialmente tida como milagre, a sobrevivência daquelas crianças ao impossível ganha um tom sobrenatural com a gravação de Pâmela May Donald que sobreviveu à queda e morreu pouco tempo depois e que em seu celular grava uma mensagem sinistra e repleta de pânico onde fala de forma não compreensível mas acusadora sobre um menino, um dos sobreviventes.
Eles estão aqui. Eu... Não deixe a Snookie comer chocolate, é veneno para os cachorros, ela vai implorar a você...O menino. O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas... Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. tchau Joanie, adorei a bolsa, tchau Joanie, pastor Len, avise a eles que o menino, não é para ele... Pág 17
A partir daí, a narrativa é contada através de perspectivas, de investigações e de um livro escrito pela personagem autora Elspeth Martins, o "Quinta-feira negra - da queda à conspiração", uma espécie de dossiê sobre a queda, os acontecimentos bizarros e sobrenaturais que envolvem as três crianças sobreviventes: Jess Craddock, Hiro Yanagida e Bobby Small.

Diversas teorias são levantadas, o pastor Len acredita que o aviso de Pamela era um claro sinal do apocalipse previsto na Bíblia, outros acreditavam que na queda, as crianças tiveram seus corpos tomados por alienígenas que vieram dominar a Terra.

Mas a pergunta que permeia o livro todo é: como e porque essas crianças sobreviveram? Seria algo superior, sobrenatural ou apenas um milagre divino? Um aviso, uma salvação ou aberrações?

**********

Sarah Lotz encontrou uma maneira peculiar e nova de contar uma história, um livro narrado de forma diferente dentro de um próprio livro, algo simplesmente genial. Relatos das próprias famílias dão um sentimentalismo único. A realidade é retratada de uma forma que faz você achar que Elspeth é verdade e que os aviões caíram mesmo.

A proximidade com o que acontece ou aconteceria se 4 aviões caíssem e houvessem mesmo 3 sobreviventes é alarmante. Fanáticos religiosos propagando suas teorias e ganhando força em cima da fraqueza da população é absurdamente crível, assim como a falta de senso de repórteres que para ganharem espaço na mídia invadem a vida particular das famílias e sem o menor pudor fazem suas matérias, deu nojo.

Teorias da conspiração de que os governos estariam escondendo uma intervenção alienígena, tanta verdade que você chega a fazer sua própria teoria e começa a perceber como o ser humano é tendencioso a aplicar aquilo que crê em acontecimentos corriqueiros, nossa necessidade em criar verdade no invisível, em explicar o inexplicável é simplesmente berrante!!!!

Porém, é muito triste que o livro não tenha se mantido assim até o final, pelo menos não para mim, achei que os fatos e a forma apresentadas ficaram cansativas, massantes e cheguei a pensar em abandonar, mas sou extremamente curiosa e não saberia deixar esse mistério sem solução. Entretanto o final me frustrou completamente e eu me arrependi de não ter tornado a minha teoria verdade para deixar o livro sem terminar.

É tanto suspense, tanta conspiração, tanto sentimento contraditório para aquele final! Oh céus! Daí entra a minha análise madura da leitura: pode um livro ser ruim apenas porque não foi-lhe dado o final que eu esperava? Não absoluto!

O livro é complexo, recheado de suspense, mistério e polêmica e isso foi lançado de uma maneira tão interessante que me deixou refletindo por dias, refletindo daquele jeito que você fica absorto, olhando fixo com o pensamento longe a ponto de não escutar o que estão falando bem ao seu lado! Mas é preciso saber extrair esses subtemas do livro e não julgá-lo de forma restrita.

E ainda que não fosse só isso, o trabalho da Editora Arqueiro com esse livro foi um dos melhores que já vi, a diagramação, as bordas pretas e a capa estão sensacionais. E aqui, conto uma particularidade minha, sim, eu analiso a capa, passo horas olhando e durante a leitura fecho o livro pra linkar o contexto com os elementos colocados na capa, buscando um spoiler, ou apenas enxergar algo que não tinha visto. Aqui acontece isso também. Na primeira vez que olhei para ela, percebi tão somente as três crianças, uma em cada risco vermelho, mas depois, percebi que no preto da capa, entre o nome da autora e os quatro riscos (uma de minhas conspirações) tem nuvens e um avião.

Um livro para te tirar da zona de conforto!

27 comentários:

  1. Vou confessar que não sou muito fã de livros de terror, mas eu arriscaria em ler se eu o tivesse, mas como não tenho deixa pra próxima... S2. Teoria e Conspiração, quando vi esse livro lembrei logo das torres gêmeas, ai não fiquei com muita vontade não.

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  2. Esse livro no lançamento até me chamou atenção, porém o que ando lendo dele não está me atraindo para ler no momento . Muito suspense tem que ter um final a altura dos suspense do livro né Chrys, tipo Agatha Christie perfeito, e pelo jeito o final não agrada muito . Vou deixar passar essa leitura .
    beijos

    ResponderExcluir
  3. como a Tamires eu não sou nada fã de livro de terror então acho que não seria a melhor leitura pra mim
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sério que você deu 4 estrelinhas? Eu dei a metade, achei até interessante forma diferente de narrativa, mas os relatos se tornaram enfadonhos e intermináveis, além do que, achei que a premissa ofereceu margem pra uma história muito diferente, tive a impressão de comprar gato por lebre.
    Não gostei.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  5. Oi, Chrys!
    Nossa, eu acho que não conseguiria ler um livro assim, achei meio tensa a história e não gostei da autora contando tudo em forma de dossiê, deve ser mto cansativo mesmo.

    Beijos
    Rayssa
    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu quando vi esse livro não me interessei muito, mas depois que li sobre ele fiquei bem animada, acredito que deve ser um ótimo livro, achei bem legal o jeito que a autora o escreveu, acho que iria gostar bastante da história, mesmo que o livro tenha vários pontos negativos e não se mantenha tão bom no final quanto começou.

    Beijos :*
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
  7. Olá, tenho visto esse livro em vários blogs e as resenhas
    estão ótimas, só leio coisas boas sobre ele. A capa achei
    bem interessante, acho que causa uma certa curiosidade, sobre
    a narrativa. Gostei dos pontos que você levantou sobe o livro e a
    arqueiro está arrasando,

    bjs
    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Chrys
    Olha, quando esse livro lançou li tantas resenhas positivas como negativas e fiquei sem saber se leria. A premissa do livro é ótima, mas saber que o final frustou e as tantas ressalvas me balançaram um pouco, mas acho que vou dar uma chance. Às vezes tenho a opinião diferente.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  9. Bom, vou ter que discordar sobre o trabalho da editora com esse livro ser um dos melhores, eu não acho, simplesmente porque tiraram as orelhas! As orelhas me fazem falta, e não gostei delas não existirem, mesmo que tenha sido (imagino que seja o caso) por causa das bordas pretas. Também tenho mania de analisar a capa, mas só depois da leitura, porque se eu pego um spoiler nela antes de ler fico enlouquecida! Mesmo que o livro tenha te provocado bastante reflexão, você não é a primeira pessoa que vejo ter dificuldade de terminar a leitura nem se frustrar com o final. Como não é de um gênero que eu ame, não pretendo ler.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  10. Uau!
    Eu não havia me interessado muito pelo livro, na verdade eu nem tinha lido a sinopse inteira, mas após a sua resenha (mesmo sabendo que vc sentiu vontade de abandonar a leitura), eu fiquei bastante curiosa. Que coisa mais sinistra essa mensagem deixada pela (quase) sobrevivente.
    Uma pena que o final seja frustrante, né?!

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, as opiniões por esse livro são bem diversificadas, tenho visto poucas resenhas positivas sobre ele. Mesmo assim, me interesso muito pela história, pois parece ser bem diferente de tudo já visto e ainda trata de temas que me interessam como teorias da conspiração. Espero poder ler em breve.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Chrys, tudo bem????
    O que achei interessante desde o início nesse livro, foi o comportamento das pessoas. Do que o ser humano é capaz de falar ou fazer perante o desconhecido. Acho que o medo do desconhecido pode levar a atitudes extremas. Acho que só por isso o livro deva valer. mesmo que o final não tenha lhe agradado, ainda assim quero muito ler!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. PROVOCANTE, dona Chrys. É o que digo sobre a senhorita! (rs)
    Eu adorei sua resenha. Ontem mesmo estava na Saraiva e notei as bordas pretas desse livro. Achei lindoooo demais! Ele já consta na minha lista de leitura, simplesmente porque sua sinopse me atraiu. Mas essa é a primeira resenha que leio sobre ele e só posso dizer que, embora o final possa também me decepcionar, é uma leitura que parece valer a pena (rs).
    Não notei o avião na capa!!! :O (rs) Aiai… imagens subliminares são um progresso no universo literário, kkkk.
    Beijos, linda!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Chrys, querida, fiquei na dúvida se leria ou não o livro exatamente pelos mesmos motivos que vc citou e são comuns a muitas resenhas: tudo caminha bem, as teorias são muitas e curiosas, mas o caminho para o desfecho desagrada a muita gente... A princípio, só de cogitar algo de ficção científica - que imaginei -, já descartaria, hahaha, sou bem má e não gosto desses elementos sobrenaturais. Mas o mistério me agradava... agora, com sua opinião convincente, nem sei mais se vou querer o livro. :/
    Essa sua ideia de observar a capa e tentar encontrar algo que ligue à trama é mesmo valiosa... vai que tem resposta bem ali, esfregada na cara do leitor desatento?
    Beijoooo!

    ResponderExcluir
  15. Chrys vou dizer, só de ler o quote da gravação da sobrevivente eu já me arrepiei toda.
    Esse livro parece muito, muito bom e é justamente por isso que eu vou me manter bem longe dele!
    Da um frio na espinha só de começar a raciocinar o enredo. rsrs

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  16. Vou ser sincera, você me deixou louca de vontade pra ler! Eu fico aqui: mas que final deve ser esse?; o que, raios, deve ter acontecido?; e as crianças, como ficaram depois da tragédia?; foi uma tragédia mesmo?.
    Olha, as perguntas estão pipocando aqui na minha cabeça, Chrys!
    Tenho uma mania, talvez até feia, de olhar as capas bonitas, nunca comprei um único livro que tenha uma capa feia, mesmo quando a sinopse é interessante, sei lá porque dessa mania, e este livro comentado por você tem uma capa bem "misteriosa" e as laterais pretas me atraíram na livraria! Mas, não o adquiri, achei meio confusa as explicações e como tenho minhas prioridades resolvi não me arriscar agora que estou com o tempo curto... Enfim, fiquei super curiosa com ele e, como se já não fosse grande (sinta-se culpada por isso) vou aumentar mais um pouquinho a minha lista!

    ResponderExcluir
  17. Oieeee, quando recebi o livro fiquei de boca aberta, essa capa e essas bordas pretas me deixaram muito NOOOSSSSAAA, que LEGAL!!!! KKKKKK, quero ler o livro ainda neste mês de Agosto e tenho certeza que vou adorar rsrs, Abraços.

    ResponderExcluir

  18. Oi Flor!
    Eu amei esse trecho:''O livro é complexo, recheado de suspense, mistério e polêmica e isso foi lançado de uma maneira tão interessante que me deixou refletindo por dias, refletindo daquele jeito que você fica absorto, olhando fixo com o pensamento longe a ponto de não escutar o que estão falando bem ao seu lado! Mas é preciso saber extrair esses subtemas do livro e não julgá-lo de forma restrita.''
    Primeiro pq ficou bárbaro e bem escrito e segundo que é o que eu procuro na leitura, ficar absorvida nela!

    Beijos!
    Paulinha Juliana - Overdose Literária
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá Chrys, tudo bem?

    Li o livro, de maneira até que rápida, mas não porque estava amando-o, e sim porque queria me "livrar" logo dele. Foi de longe uma leitura prazerosa, que me cativasse. Infelizmente vi inúmeros comentários que apoiam a mesma teoria do muita propaganda pra nada :/

    Beijo

    ResponderExcluir
  20. Olá Chrys, menina o que fizeram na divulgação deste livro foi o primeiro elemento a me levar e ansiar pela leitura, pois sou fanática por suspenses e mistérios. Contudo assim como você eu me decepcionei com o final.
    Só que eu não achei a narrativa cansativa, sei lá, por ter sido uma experiencia nova pela forma da escrita, eu me peguei fascinada, ate por que na obra a autora consegue deixar aquele "que" de sobrenatural que nos deixa extremamente nervosos.
    Sei lá eu penso assim como você, se a autora tivesse continuado a historia da forma que ela estava indo, acho que o final ficaria daquele jeito que nos deia boquiaberto, mas...
    Mesmo assim eu super indico leitura deste livro a quem procura algo novo e diferente para ler, ou para aqueles assim como eu, amam um bom suspense.
    Flor eu adorei a resenha!

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  21. Oi Chrys,

    quando vi a sinopse desse livro eu imaginei muitas coisas e apesar de todo o mistério e suspense, não seria um livro que eu leria. Eu sempre digo, como sou muito medrosa e sempre estou viajando de avião, ficaria lembrando sempre da história.
    Gostei da sua resenha e sua sinceridade ao informar que o final foi decepcionante para você, mas mesmo assim, vc indicaria ele.

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá Flor!
    Eu não gostei nem um pouco desse livro. Não gosto de coisas que mexam com espiritismos e possessão. Li várias resenhas sobre ele e nenhuma mudo minha opinião.
    É um livro que com certeza não vou ler, mas pra quem gosta é uma ótima aventura.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oii flor,
    Concordo quando vc diz que é um livro para tirar a gente da zona de conforto. Eu achei o livro incrivel, mas mta gente n gostou do final, que ficou bem aberto, mas eu achei perfeito. Um das coisas que mais gostei no livro foi a narrativa da autora, ela escolheu contar tudo atrves de relatos e é preciso ser muito talentoso para n se perder ou tornar a história cansativa, achei isso genial.
    O trabalho da arqueiro ficou realmente lindo.

    bjs
    Aline Lima
    Sempre Nerd (http://alinenerd.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
  24. AHHHHHHHHHHHHHHHHH
    Eu vou ser sincero com você, não li a resenha por motivos de: Quero ler esse livro sem saber quase nada. Alguns amigos que leram gostaram muito e me recomendaram, a capa me chamou a atenção a sinopse e eu gostei tanto que quis ler logo de cara, por isso estou evitando qualquer informação sobre ele, e já li alguns spoilers em outras resenhas então, assim que eu ler venho compartilhar minha opinião com você :)
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Apesar dos defeitos apontados nas críticas que tenho lido fiquei curiosa para ler. Livros de terror são muito divertidos e ando em uma fase que devoro tudo o que cai nas minhas mãos deste filão :-)
    Bj, Aris.
    http://arismeire.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi Chrys, eu também gostei dos detalhes que a editora deu ao livro, principalmente as bordas pretas, o que deixou o livro ainda mais no clima. Só achei que o final não foi o que eu esperava, na verdade nem sei o que eu esperava para o final, mas não gostei deste detalhe.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  27. Este livro esta na minha lista de desejados.
    Eu fiquei intrigada com as 3 crianças e preciso saber o que aconteceu, quem são elas...
    Acho que vou sentir um medinho, mas sei que valerá a pena!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!