02 setembro 2014

{Resenha} A Namorada do Meu Amigo - Graciela Mayrink

Graciela Mayrink
Nome do livro: A Namorada do meu Amigo
Autor(a): Graciela Mayrink
Editora: Novo Conceito
Nº de Pág: 336
 Classificação: 
Sinopse: Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que a sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você? Os churrascos da turma da faculdade talvez ajudem a esquecer Juliana, e, se depender do esforço do divertido Caveira, não faltarão garotas gente boa para preencher o coração de Cadu. Mas não adianta forçar... Quem consegue mandar no coração? Alice, a irmã de Beto, é só mais uma das dores de cabeça que Cadu tem que enfrentar. A vida inventa cada cilada!

Pela primeira vez vou tentar fazer uma resenha apenas com minha opinião pessoal sobre o livro, aqui nessa parte, geralmente comentamos aspectos do livro e de como são as passagens etc etc etc. Mas hoje, vai ser só a minha opinião mesmo, afinal o resumo está na sinopse né?!

Para começar e pra quem ainda não conhece,  sim, a Graciela é autora nacional!! É produto da nossa terrinha e só por falar em literatura nacional, alguns virarão o nariz, vai vai confessa, eu era uma que até pouco tempo atrás, ao escolher um livro ia logo escolhendo literatura estrangeira.

Mas já tem algum tempo, e o blog é prova disso, de que tem SIM, muito autor(a) mandando bem, e muito bem. 

Eu já havia tido o prazer de ler "Até eu te Encontrar", o livro de estréia da Graciela (se ainda não conferiu, pode ler a resenha Aqui), e lógico que estava ansiosa por mais um lançamento seu, e enfim, ele chegou. 

Fui com muita sede ao pote, e não me desapontei, todos os elementos que me ganharam na estréia estão muito presentes nesse segundo livro.  Para começar, nada mais gostoso do que ler um livro com o qual você se identifica rapidamente, e lá estão os amigos, a cidade pequena, o clima universitário, e ahhh reparei em uma coisa agora hein, acho que a Graci come muito fora, porque no primeiro livro tínhamos o restaurante "Lenha" e agora nesse temos o "Senzala", ambos servem de cenário para várias passagens, e hummmm dá uma vontade de comer essas comidas mineiras, viu. 

O que eu achei do livro? eu o li em pouco menos que 4 horas, a leitura é muito fluida, as paginas vão virando e virando e virando, porque não da pra largar sem saber o fim que vão ter. 

Confesso que fiquei um pouco triste com o final, eu esperava algo arrebatador, eu NUNCA, nunca ia imaginar um final daqueles, mas me falem, tem coisa melhor do que ser surpreendido ao final de um livro?

A tristezinha rapidamente foi substituída pelas minhas viagens, "o que será que aconteceu com fulano?" "como vai ser a vida deles agora?" É isso, é isso que eu to falando, a possibilidade de viajar por várias histórias em uma só. 

O grande x da questão era como meninos e meninas tão jovens, afinal o Cadu tem 20 anos, mesma idade dos amigos, e a Juju por ex está fazendo 17, iriam tomar decisões tão complicadas e que mexem um pouquinho com todo mundo, afinal, como fazer grandes escolhas? Razão ou Coração?.

Como o próprio titulo e sinopse sugerem, portanto NÃO é spoiler, Cadu se apaixona pela namorada do amigo, não um amigo comum, um dos melhores. Já pensaram como é difícil a decisão a partir dai? Vale uma amizade em troca de um amor??

As opiniões, é claro, divergem sobre o assunto e é por issooooooo, justamente por isso que tomei um tapa na cara no final, lá pela pagina 301 já fui ficando aflita, porque na minha cabeça tinha tanta coisa pra acontecer, e eu já comecei a me perguntar, "como vai terminar?". E não podia ter sido mais magistral, um final totalmente imprevisível! 

Não tem como falar do livro sem soltar alguma coisinha, portanto vou me abster de continuar.

Só posso dizer uma coisa, leiam!! E tirem suas próprias conclusões, e eu só tenho uma coisa a falar: preparem-se pra se apaixonar pela história, pelo Cadu, pelo Caveira, pela Juju, pelo Beto. Aliás, este é um livro onde até os personagens secundários se tornam extremamente importantes ao leitor, eu estou apaixonada pelo Pai do Cadu e pela tia Mathilde, e extremamente saudosa dos meus amigos de infância.

Parabéns para a Graciela que soube fazer de um menino o protagonista de um livro, algo raramente encontrado por ai. 

A leitura é leve, dinâmica, engraçada, romântica e com seu toque de drama!

E é com gosto de quero mais que espero ansiosamente pelo próximo lançamento da autora e ainda imploro: digam "sim" à literatura nacional!!! 

E quem leu? me conte o que achou do livro!!

19 comentários:

  1. Ai, quanta empolgação, Sara e eu, *que VERGONHA*, ainda não o li!! Já fui de ficar meio "assim" com livro nacional, já fui de exagerar e supervalorizar a Lit nacional, hoje sou mais equilibrada. A Graciela merece muito sucesso e estou feliz em ver que as pessoas estão curtindo o trabalho dela. Adorei você fazer a resenha mais opinativa. Particularmente, prefiro resenha assim! Muito mais. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. no momento eu n estou lendo livros fofos assim, to naquelas pegadas mais darks sabe. mas assim q der vou ler esse livro pq tenho certeza q vou curtir. já amei a capa <3

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. Sara, eu já fui dessas que torcia o nariz pros livros nacionais. Graças a blogosfera eu já aprendi que não é por ai. Tem muito coisa boa, boa mesmo, na nossa casa.
    Nunca li nada da Graciela, mas morro de curiosidade. O que mais me instiga nesse livro é justamente o final, a decisão! Como a própria falou no Circuito NC, os homens tem uma ética muito melhor do que a nossa com relação a isso, vamos ser sinceras. Mas amor é amor, e então o que vai ser?! aiin que curiosidade.
    Sabendo que o final é assim, surpreendente então, só me deixou com mais e mais vontade de ler!

    Algumas resenhas são melhor quando puramente opinativa mesmo.. as vezes a sinopse acaba trazendo até demais rs.

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  4. eu estou apaixonada pela escrita da Graciela! li rapidinho também e adorei e me identifiquei com o Caveira, dá pra crer?
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Sara. Eu estou curiosa para ler esse livro, na Bienal aproveitei para autografar meu livro e esse livro será uma das minhas próximas leituras. Gostei de saber que os personagens secundários foram importantes para a trama, isso me deixa feliz. Estou animada para ler e espero gostar como você.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  6. Posso copiar o comentário da Tati? É exatamente o que eu quero falar.
    Ainda não li nenhum livro da Graci e pretendo ler esse em breve. Fico até com vergonha quando encontro com ela nos eventos.
    Se antes eu já estava decidida a ler, agora com sua empolgação eu vou adiantá-lo algumas posições na fila.
    E espero também me surpreender no final, gosto de livros assim, que mostram algo que a gente não esperava, mas totalmente compatível e adequado.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  7. Sarinha, adoro essa sua carga emocional numa resenha. Me faz repensar as minhas, dá um toque bem pessoal e único.
    Ainda não li o livro que tenho da autora - Até eu te encontrar - mas vejo o quanto a literatura nacional está fazendo sucesso e sendo muito bem recebida pelos leitores. Basta ver o sucesso que autores nacionais fizeram na bienal de SP. E como são acessíveis, queridos, estão bem próximos de seu público. Isso é maravilhoso!
    O livro apresenta uma situação difícil de julgar, não é? Só quem já passou por isso, em qualquer um dos lados, pode dizer algo consistente. É preciso coragem para assumir e também coragem para deixar passar um amor... mas antes, vamos saber se é mesmo uma paixão que valha o risco.
    Nem sei o que dizer, porque sou do time dos amigos acima de tudo. Mas quem manda no coração?
    Beijo!
    As Meninas que Leem Livros

    ResponderExcluir
  8. Olá Chrys!
    Eu ainda não li nenhum livro dessa autora, mas só ouço críticas positivas sobre ela. Por isso estou muito interessada em ler o livro. Parece ser uma história muito bacana. Eu adorei a sua resenha só com a sua opinião. Não ficou faltando nada. E fiquei super satisfeita com tudo que você citou do livro.
    Parabéns pela resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Sara ainda não li os livros da autora mas estarei me redimindo e comprando para ler, eu gosto muito e apoio a leitura de livros nancionais , temos livros maravilhosos . É sempre bom ver eles gnhando mais espaço nos blogs. Que bom que curtiu a leitura, só meio assim com o final do livro será que vou gostar . Vou ler para saber rsss. beijos lindona

    ResponderExcluir
  10. Olá Sara
    Não conhecia o livro e nem me interessei muito por ele apesar de toda a sua empolgação e vários motivos que fizeram você se apaixonar pela leitura e ler tão rápido. O meu recorde foi uma tarde inteira e mais algumas horas, mas nada como 4 horas haha Não gosto de romances românticos, mas vou indicar para alguns amigos que curtem, acho que essa dica não poderei deixar passar pelo menos pra eles.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, quando esse livro lançou, achei a capa linda e o título e a sinopse,
    bem tentadores, mas não me dei ao trabalho de ler alguma resenha ou saber mais
    do livro, foi uma surpresa saber que é de uma autora brasileira. Com isso fiquei mais
    instigada a ler, pois adoro conhecer escritas de autores nacionais. O que me incomoda é quando
    ele exagera nos detalhes da cidade onde os personagens vive, espero que não seja assim.
    Mas bem, a narrativa pelo que pode ler de sua resenha, deve ser bem empolgante, pra você terminar
    em tão poucas horas,

    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Sara, tudo bem???
    O que eu gostei desse livro foi a questão que ele levanta. Sabe, racionalmente, para mim, é impossível se apaixonar por alguém comprometido, não acho correto. Mas como a razão nem sempre funciona quando o tema é coração, o que fazer???
    Justamente por não achar correto, a amizade prevaleceria. Mas o tema é polêmico e falar em teoria é muito diferente de quando estamos vivenciando o problema. Por isso acho que vou gostar desse livro, ele vai mexer com minhas opiniões.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Sara!
    Ainda não tive a oportunidade de ler nenhum livro da autora, mas espero em breve poder, pois só vejo criticas positivas em relação aos livros dela.

    Você falou sobre o preconceito com literatura nacional, eu nunca tive! Sério, sempre gostei dos nacionais, sejam eles clássicos ou não. E hoje posso dizer que temos muitos autores nacionais arrasando rsrs A tendência é só melhorar, então eu sempre vou dizer sim a literatura nacional =)

    Voltando a autora e seu livro, bem eu adorei sua resenha, e com certeza entrou para a lista de desejados.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Antigamente eu também torcia o nariz quando me falavam sobre livros nacionais, pois na minha cabeça eram todos chatos iguais aos clássicos, mas senti um belo tapa na cara ao ler um nacional de uma autora da minha cidade, um nacional que me conquistou tanto a ponto de eu ter achado que o livro era estrangeiro kkkkkk Ai depois desse livro eu passei a ver os livros nacionais com outros olhos, o problema é que eles não são tão acessíveis, o preço deles não são tão convidativos, né? Mas realmente há muiitooos autores nacionais ótimos, alguns dão bailes em autores estrangeiros kkkkk Enfim, eu adorei a sua resenha, eu já estava interessada nesse livro, não li nada dessa autora ainda, mas vi muitos comentários positivos o que me deixa bem curiosa em relação aos livros dela, esse em questão eu imagino ser bem interessante, não acho que vale arriscar uma amizade por causa de um amor, mas há suas exceções, né? E pode ser que se eu ler esse livro eu mude um pouco a opinião quanto a isso.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  15. Oi Sara.
    Sabe, eu to com esse livro aqui, mas sem empolgação pra ler, a proposta não me atraiu...até o momento, o seu entusiasmo me convenceu, e ainda bem que você parou a resenha antes de soltar coisinhas comprometedoras rsrs.
    Eu gosto de finais, assim, surpreendente, incomum, impensável, gosto quando os autores ousam e brincam com o leitor dessa maneira.
    Eu nunca li nada da Graciela, esse vai ser meu primeiro contato, espero ser conquistada e adicionar mais uma autora pra listinha de favoritos.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  16. Oie,

    Ainda não li nada da autora já vi muitas pessoas falarem do outro livro dela, e esse parece que tem uma carga emocional e muita responsabilidades dos personagens, eu gosto muito de ler livros nacionais, quero ler outras resenhas do livro pra saber o que vou achar do livro, parabéns pela resenha.

    Mayla

    ResponderExcluir
  17. Adoro quando personagens secundários ganham espaço e conseguem nos encantar, espero que isso aconteça comigo quando ler o livro! Gostei bastante do primeiro livro da Graciela, e estou bem curiosa para ler esse, pena que ainda não consegui encaixá-lo na fila. Que bom que você não se desapontou mesmo com a alta expectativa, porque a minha também é imensa!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  18. Oii,
    Eu gosto muito de livros nacionais e fiquei morrendo de vontade de ler esse. Adoro quando os protagonistas nos encantam e nos envolvem, parece que vivemos aquela historia com eles. Pelo que pude perceber parece esse livro tem clima de seriado adolescente/jovem e no momento estou precisando muito de algo assim.
    Quando li a sinopse do livro achei meio clichês, mas agora sue resenha me mostrou que não é e quero muito conhecer os personagens.

    Bjs
    Aline Lima - Sempre Nerd (https://alinenerd.blogspot.com/)

    ResponderExcluir
  19. Oieee, eu achei a capa desse livro muito fofa, mas fiquei com um pé atrás com ele, esta é a primeira resenha que leio do livro e me surpreendi, amo livros onde a escrita é leve e engraçada. Outra coisa que chamou minha atenção foi vc falar que leu o livro em 4 horas, adoro livros que nos permitem uma leitura rápida e fluida, enfim, achei bem legal e fiquei com vontade de ler rsrs, Abraços.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!