10 março 2015

{Resenha} Tensão - Gail Mchugh

Gail McHugh
Nome do livro: Tensão
Autor(a): Gail Mchugh
Editora: Arqueiro
Nº de Pág: 335
Classificação:
Sinopse: Após a morte da mãe, a vida de Emily Cooper vira de cabeça para baixo. Ela precisa de um novo começo, e Dillon Parker, seu namorado, a convence a se mudar para mais perto dele a fim de passarem mais tempo juntos.Em Nova York, Emily arranja um emprego temporário como garçonete em um restaurante no centro de Manhattan. Ao sair para fazer uma entrega logo no primeiro dia de trabalho, ela esbarra em Gavin Blake, um empresário sexy e bem-sucedido. Assim que seus olhares se encontram, há uma tensão no ar, mas nenhum dos dois consegue entender ou explicar essa forte conexão. Atormentada, Emily tenta não pensar muito naquele desconhecido que mexeu tanto com ela.Porém, ela descobre que Dillon e Gavin são amigos e que terá de conviver com ele muito mais do que poderia ter imaginado. Perdida em sentimentos confusos, Emily sente o desejo por Gavin crescer e se tornar mais ardente a cada vez que se encontram. Será que os dois vão resistir à tensão ou se entregar a essa paixão, apesar de todas as consequências?

O título não poderia ter sido melhor escolhido, neste romance apimentado a tensão é quase palpável.  Quando Gavin e Emily se encontram pela primeira vez, ambos são irremediavelmente atraídos  e não conseguem deixar de pensar um no outro. Mas Emily tem namorado, Dillon, e pior esse namorado é amigo de Gavin, o mundo não poderia parecer menor.

Tudo o que Emily quer é distância de Gavin, mas a amizade entre ele e Dillon torna a convivência entre os dois inevitável, e sempre que os olhares se encontram os corpos não deixam dúvida, eles de desejam desesperadamente. Mas será que há algo mais do que desejo? Será que Gavin está apenas na cabeça de Emily ou chegou ao seu coração? E Gavin será capaz de abrir mão da sua vida de garanhão para pertencer a uma única mulher? Eles devem se arriscar?

Em seu romance de estréia Gail Mchugh construiu muito bem a narrativa, que é feita em 3ª pessoa e intercala o ponto de vista de Emily e de Gavin, deixando bem evidente o clima de tensão e prendendo o leitor até a última linha, além de nos presentear com personagens muito carismáticos.

Emily é uma jovem de 24 anos, muito bonita, perspicaz e sensível, mas também é frágil e insegura em virtude de uma série de acontecimentos pregressos em sua vida, como o abandono do pai aos 5 anos e a recente morte da mãe, que a deixou sozinha com apenas uma irmã mais velha, que é casada e  mora em outro estado e o namorado Dillon, que a ajudou muito na doença e morte da mãe e ainda custeou a sua mudança para Nova York.

Dillon é um jovem ambicioso, vem de uma família de classe alta e batalha para subir cada vez mais na vida, mas sua personalidade é dúbia, ora ele é o namorado mais generoso e carinhoso do mundo, cuidando de Emily e dando a ela o que há de melhor, mas em outros momentos ele é um completo cafajeste, mentindo, enganando e desrespeitando Emily, tratando-a como se fosse um objeto, se aproveitando da fragilidade dela para mantê-la obediente a ele.

Por sua vez, Gavin aos 28 anos é dono da própria empresa, muito rico, destemido e bonito é desejado por todas as mulheres da cidade, mas estes atributos não lhe trouxeram felicidade no amor, todas mulheres que se aproximam dele estão mais interessadas em seu dinheiro. Ele nunca acreditou em amor a primeira vista, mas no momento em que viu Emily pela primeira vez sabia que ela era a mulher de sua vida, a convivência apenas confirmou suas suspeitas.

Assim, quando a frágil Emily é colocada entre o irresistível e determinado Gavin e o manipulador Dillon, sua cabeça entre em parafusos, mesmo sendo arrastada em direção à Gavin, uma dívida de gratidão a mantém presa a Dillon, e ainda há a amizade entre os dois e a reputação de Gavin para assombrá-la. O resultado de tudo isso é uma história irresistível e de tirar o fôlego.

A única coisa que me fez tirar uma estrela do livro é que a autora quis transformar um ponto crucial do livro, já lá no final, em erótico quando, na minha opinião, seria naturalmente dramático e romântico. Mas no geral há um bom equilíbrio entre o enredo eletrizante e as cenas eróticas.

Quase morri com o fim que não é o fim, pois a autora deixou o desfecho de Emily e Gavin para a sequencia que terá o título de Pulsação, mas há uma breve amostra de seu início no final do livro.

Para quem gosta de uma leitura um pouco mais apimentada mas com conteúdo, eu super recomendo!

35 comentários:

  1. tenho lido boas colocações a respeito e isso tem me motivado, será uma nova aposta para mim! em breve darei a chance de conhecer mais da trama
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Marina, por muitas vezes tive vontade de matar a Emily. Entendo que ela tenha dúvidas em relação a seus sentimentos, mas aceitar a forma como Dilon a trata me deixava neurótica. Não sei se a autora vai usar o alcoolismo do Dillon para complicar ainda mais, na minha opinião seria um acréscimo e tanto ao enredo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh também tive vontade de esganar a Emily, ela é impossível kkk
      Espero que não complique mais não (rs), torço pera ver Gavin e Emily juntos pelo amor de Deus!

      Excluir
  3. Oiii!! O pessoal do grupo da editora estava falando muito bem mesmo desse livro, mas eu não tinha parado para reparar nele, só fiz isso agora lendo sua resenha e me arrependi de não ter solicitado. Mas com certeza irei querer ler este livro, adoro romances que vão mais além, e um proibido então nem se fale!!

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah essa hstória de amor proibido, porém irresistível, é ótima, principalmente se tomamos partido!
      bjos

      Excluir
  4. OI, como vai vc?
    muito bom Marina, gostei do seu jeito fluido de escrever, apesar de não curtir mt o tema do livro

    (Gustavo Fraga) http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Marina! Tudo bem? Adorei a resenha! Por algum motivo eu pensava que as personagens desse livro eram da mesma faixa de idade daqueles dos livros da Abbi Glines, sabe? 20-22 anos? Eu fico feliz de saber que o livro é bem escrito e que você deu 4 estrelinhas e gostou, mas eu ainda estou meio desconfiada dele e indecisa se leio eu não :/ Eu não curto muito triângulo amoroso e esse parece ser um bem complicado e eu ouvi que tem um cliffhanger no final hehe outra coisa que me deixa num vale de ansiedade haha eu acho que vou esperar a resenha do próximo livro só pra ter certeza ;) beijos! http://www.trocandodisco.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Tudo bem! Que bom que você gostou! Também gosto de livros com personagens mais velhos, embora a Emily tenha me tirado do sério algumas vezes. O final é de matar de curiosidade, mas vale a pena se encantar por Gavin!
      Bejos

      Excluir
  6. Olá, tudo bem? Sempre julguei que esse livro seria repleto de outro tipo de tensão, fiquei bem surpresa ao ver que se trata de um romance (bom, não sei se realmente pode ser chamado de romance, mas tem romance então... ficou confuso a minha colocação, mas acho que não encontrei outra forma de expressar); Enfim, essa surpresa pode ser boa se eu ler o livro e acabar gostando de verdade. Acho que por ter julgado ser uma coisa e descobrir ser outra me instigou a vontade de ler. Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Bom os personagens também ficam na dúvida se é romance ou outra coisa kkk. O livro me surpreendeu, então talvez seja uma grata surpresa para você também!
      Beijos

      Excluir
  7. Ola Marina eu amei esse livro já resenhei e só tirei uma estrela devido as atitudes da protagonista em algumas partes me irritaram, ta certo que nem todas lidam com a tristeza da mesma maneira, mas tive vontade de dar uns tapas nela. Não vejo a hora de ler a sequência parou em um ponto crucial . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh Joyce como não se irritar com a Emily com essa história da Emily seguir em frente com o relacionamento com o Dillon? Tenha paciência né!
      Beijos

      Excluir
  8. Oi, Marina! Já tinha lido outra resenha desse livro e reforcei meu palpite lendo a sua. Acho que a autora conduziu o leitor com uma narrativa tendenciosa pra gente não gostar do Dillon. Não curto triângulos, ainda mais quando são forçados pra gente não gostar do casal inicial. Ainda quero ler, mas já perdi boa parte da minha expectativa e animação.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Até certo ponto do livro me esforcei para entender o motivo da Emily continuar com o Dillon, mas chega uma hora que não dá, é muito perturbadora a forma como ele trata ela. Acho difícil existir o TeamDillon!

      Excluir
  9. Oiii,
    Tenho muita vontade de ler esse livro, e agora está definitivamente na minha lista de leituras.
    Ótima resenha.
    Beijos.

    http://ateliedoslivros.blogspot.com.br/2015/03/resenha-coracao-ferido.html

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bom?

    Já li várias resenhas desse livro, apesar de ficar curioso, não tenho vontade de ler, principalmente pelo seu gênero, que não me interessa nada, sua resenha está ótima, adorei, bem explicada e escrita.

    Beijos,
    http://www.marcasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!!
      Também não é meu gênero favorito, mas me surpreendeu!
      Beijos

      Excluir
  11. Aaaai Jesus! Preciso desse livro! Acabei de me arrepender por não tê-lo pedido no mês passado, hahaha. O enredo é exatamente do tipo que eu gosto, com uma personagem dividida, e um mocinho lindo e maravilhoso e outro não tão bom assim. Parece do tipo de livro que vou me envolver muito com os conflitos da personagem e sua indecisão, e claro, querer bater na cara deles de vez em quando, hahahah.
    Adorei sua resenha, e fiquei morrendo de vontade de ler o livro!
    Beijos
    www.romanceseleituras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh que pena que você não pediu! Mas vale a pena incluir nos próximos pedidos pois a história é tensa, com o perdão do trocadilho kkk
      Obrigada e beijos!

      Excluir
  12. Oi, Marina! Eu não costumo ler esse tipo de livro, mas confesso que fiquei com vontade de ler! Adoro livros em que o escritor vai mudando o ponto de vista, ora sob a perspectiva de um personagem, ora outro.
    Gostei da dica!

    Beijos,
    Fernanda
    http://oprazerdaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda! Também gosto de ter os dois pontos de vista, nos permite entrar mais na história!
      Beijos

      Excluir
  13. Oi Marina, tudo bem?
    Eu não gostei do comportamento abusivo do namorado dela. Pelo o que contou, eu não entendo que ela tenha uma dívida com ele e mesmo que tivesse, isso não dá a ele o direito de trata-la dessa forma. Nunca entendi porque existem algumas mulheres que permitem esse tipo de tratamento. Já vi que nem li o livro e já estou revoltada, risos..
    Espero realmente que a autora tenha usado o seu livro com uma função socila, para denunciar esse tipo de abuso. Gostei da sua resenha.
    Beijinhos.
    Cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Tudo bem?
      Realmente como mulher algumas passagens são revoltantes, mas é preciso ter em mente que isso existe, algumas mulheres mais fragilizadas acabam tolerando esse tipo de comportamento de seus companheiros.
      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  14. Oi Marina, estou lendo críticas bem construtivas em relação a essa série e isso está me matando de curiosidade. Adoro livros com esse gênero e embora ache clichê, também curto ler um triângulo amoroso vez ou outra.
    Parabéns pela resenha.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Os triângulos amorosos nunca saem de moda não é? E desde que seja um clichê bem escrito dá se entreter de vez em quando! kkk
      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  15. Oiiiii eu fiquei completamente curiosa pelo livro desde o seu lançamento, mas confesso que não esperava por esse enredo... se eu gostei? Claro!!!! Eu quero muito lê-lo. A sua resenha foi muito bem detalhada, mas sem dar spoiler... gostei da forma como escreveu... adorei saber que realmente a história e bem coerente com o título.... Xero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que bom que gostou da resenha! Sempre fico com uma dúvida cruel se falei o suficiente, mas também preocupada em não estragar a emoção dos demais em descobrir as coisas conforme a leitura se desenvolve.
      Beijos

      Excluir
  16. Olá

    Não me interesso por livros do tipo, mas fiquei curioso com esse fato mudado pela autora e que poderia ser tratado de outra forma. Gostaria de ver como foi desenvolvido, mas como não sou muito fã desse estilo, dispenso.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Marina, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha, mas acho que não leria o livro no momento. Não curto muito triângulo amoroso e acho que a indecisão da protagonista com certeza iria me irritar, assim como o Dillon, mas o Gavin parece ser maravilhoso.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  18. Oi Marina!
    Pela resenha o livro é pura Tensão kkk. A estória parece ser excelente, o triângulo amoroso, os problemas de personalidade dos personagens, muito interessante. Espero ter a oportunidade de estar lendo logo. E parabéns pela resenha, ficou incrível.
    Abraços

    www.estantejovem.com.br

    ResponderExcluir
  19. Eu odeio triângulos amorosos, e sofro por eles serem cada vez mais comuns. Odeio mais ainda quando os envolvidos são amigos. Também não curto muito esses romances apimentados, então acho que não é leitura para mim. Fora que eu acho que ia passar muita raiva quando o Dillon estivesse nos momentos babaca dele... rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  20. Já li o livro e amei!
    Recomendo quem é apaixonada por leituras hot a ler este livro.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!