09 janeiro 2014

[Resenha] O Visconde que me amava - Julia Quinn

Título: O Visconde que me Amava (Os Bridgertons # 2)
Autor(a): Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance
Nº páginas: 288
Sinopse: A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva. Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela. Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele. Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.

A famosa resenha em perguntas e respostas está de volta, conheçam hoje, O Visconde que me amava:


Em que época passa a história?
É um romance histórico e se passa no século XIX.
O primeiro livro, O Duque e eu, se passou em 1813.
O Visconde que me Amava é ambientado um ano depois, estamos agora em 1814.

Quais são os personagens principais?
O livro conta a história dos Bridgertons.
Esse é o livro #2, que conta a história de Anthony Bridgerton, o filho mais velho.
Achei uma ilustração linda de todos irmãos.





Qual é o casal formado pela história?
Kate Sheffield e Anthony Bridgerton, o Visconde ♥

Qual o maior conflito que existe na trama?
Ainda há regras para os relacionamentos no século XIX, nessa história, o maior deles é Anthony passar por cima dos seus medos e aceitar que um casamento deve ser construído com amor. 

Para ele, resistir ao sentimento verdadeiro é a maior provação?
Ele queria apenas um casamento de aparências, manter a tradição, e para isso, pensava que não era necessário estar apaixonado pela esposa.

O livro tem pitadas hot?
Tem, para os padrões da época, sim, inclusive Kate se enfia em cada roubada, as cenas são divertidas até. Mas o hot é um pouco presente sim. Esse não é o principal enfoque do livro e acredito que mesmo para quem não gosta de livros com temas adultos, esse ira passar, porque é bem sutil a forma como o tema foi abordado.

Neste livro tem algum casamento?
Essa parte é segredo, posso dizer que o Visconde honra com suas obrigações, será que para ele é apenas para ser um cavalheiro ou o amor venceu algumas barreiras?

Existem tabus, quais? são quebrados?
Sim, existem os tabus velados e os mais escancarados, naquela época para que um homem galanteasse uma moça existia na verdade uma série de tabus que não poderiam ser quebrados. Isso era cultural.
Fora isso, aqui somos apresentados a uma sociedade mais machista no meu ponto de vista, fora os costumes, de em um jantar oferecido, o numero de convidados do sexo masculino tem que ser o mesmo numero do feminino, poxa, não podiam nem conversar sozinhos um homem e uma mulher!

A capa tem ligação com o livro?
Não achei, continua com a mesma coerência da capa anterior, uma pessoa em cima, e na inferior uma paisagem, acho que ela poderia ter sido melhor trabalhada, no entanto não deixa de ser muito bonita.

A linguagem da narrativa condiz com a época?
Um pouco, já precisei ler livros de época com um dicionario ao lado, não foi o caso aqui, a linguagem é direta, moderna, as narrativas são gostosas e rápidas.

Cite um quote que demonstre algum fato específico da época. 
(...) "É claro que a questão dos libertinos já foi assunto discutido(...)
E a autora chegou a conclusão de que há libertinos e Libertinos. Anthony Bridgerton é um Libertino, com L maiúsculo.

O final é previsível? Vc foi surpreendida por alguma coisa?
É previsível, acho que esses livros são leves e românticos na medida certa, têm finais esperados, mas são desejados e assim ficam sendo satisfatórios.

Do que você mais gostou no livro? E o que menos gostou?
Eu gosto da família numerosa que os Bridgertons têm. Gostei muito que Daphne e o Duque apareceram um pouquinho nesse livro pra matar a saudade.
Não gostei muito do fato da família não ter aparecido tanto nesse livro, nem os irmãos, nem a mãe.

Você mudaria algum acontecimento? qual e porquê?
Não, nenhum deles, todos os medos foram bem abordados, toda história foi muito bem construída. Talvez eu deixasse a Daphne e o Duque aparecerem um pouco mais, deu uma saudade deles dois. Mas como o protagonista dessa vez é o Visconde, passou vai, rs.




Recomendo a leitura, eu gostei mais do primeiro livro (você pode conferir a resenha aqui), a ambientação, o humor e o romantismo permanecem nesse livro, porém, ele não me surpreendeu, portanto, a nota vai descer apenas uma estrelinha, aguardando a continuação!


E você já leu O Duque e eu ? Vai ler O Visconde que me Amava?

Série "Os Bridgertons"


1- O Duque e Eu (Daphne como protagonista)

2- O Visconde que me amava (Anthony como protagonista)
3- Um perfeito Cavalheiro (Benedict como protagonista) Previsto Fev/14
4- Os segredos de Mr. Bridgerton (Colin como protagonista)
5- Para Sir Phillip, com amor (Eloise como protagonista)
6- O conde enfeitiçado (Francesca como protagonista)
7- A caminho do altar (Gregory como protagonsita)
8- Um beijo inesquecível (Hyacinth como protagonista)
* Títulos provisórios do quarto livro em diante.




Beijos 



Resenha feita por:




Perguntas elaboradas por:




5 comentários:

  1. essa resenha feita em forma de entrevista por assim dizer foi super bacana! diferente!
    ainda não li os históricos que é uma frustração! são tão bons!
    a familia Bridgertons é uma loucura com suas mocinhas lindas e decididas e os meninos cabeças duras e e sedutores
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Acho tão divertidas essas resenhas diferentes que vocês fazem.. dá um dinamismo ao texto e fica tão fácil de ler. Bom, desde que li O Duque e eu, simplesmente preciso ler O Visconde que me amava. E logo! hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  3. Essa com certeza vai ser uma leitura desse ano, vou participar de um desafio de leitura de livros de romance de época e como a resenha do primeiro livro já tinha me conquistado, esse com certeza também vai para a lista. Ainda não estou familiarizada com esse tipo de história mas acredito que vá gostar bastante. Adorei a resenha em forma de perguntas mais uma vez :)

    Beijos, Greice.
    diariodaalvorada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Só vejo elogios para essa série. E outra coisa que amo ver, é a foto da família, a escadinha! É muito engraçado. Fico pensando em mulheres que tem ou tinham um filho atrás do outro e realmente formava uma escadinha quando juntos.

    ResponderExcluir
  5. Adoro o desenho mostrando os personagens, fica muito fofo. ^^
    Só tenho visto pessoas elogiando essa serie. Nunca fui de me aventurar nos romances históricos, mas acho q esse ai é a minha deixa.

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!