12 maio 2012

Especial # 1 - Dia das Mães

Amanhã é Dia das mães!

Ser mãe é permitir que seu coração more fora do seu corpo! Esta é a frase mais verdadeira que já ouvi até hoje... Não existe ninguém que seja mais importante e que você ame mais! O mais incrível é que você se permite amar alguém que você nem conhece e depois esse sentimento só aumenta a ponto de doer o peito de tanto amor e vontade de proteger...
Além disso, muito embora sejamos mães e tenhamos mães que nos sacrificaram por nós, ainda somos mulheres, esposas, namoradas, profissionais.
Pensando nisso, separei algumas dicas literárias de livros interessantes para filhos (as) e mães.

Vamos conferir?

Para mães de primeira viagem, como eu sou, tenho uma sugestão:

Vai Ficar Mais Fácil
 Autora: Claudine Wolk
Você acabou de se tornar mãe e está animada, feliz, ansiosa, e completamente exausta o tempo todo. Então, você se pergunta: será que vou dormir novamente? Será que o meu bebê está mamando demais (ou de menos)? Será que vou voltar a ter tempo para ficar com meu marido?
Enquanto isso, a única coisa que todos resolveram dizer a você é: “calma, vai ficar mais fácil!”. Mas será que vai mesmo?
Este guia divertido, franco e útil mostra que você não está sozinha e que há coisas simples, porém cruciais que podem ser feitas para tornar a maternidade um pouco mais sob controle e muito mais apreciável.


Lembrando o livro minutos de sabedoria, minha dica é:


O Livro das Respostas das Mães

Autora: Carol Bolt

Toda a gente tem mãe. E todos nós gostaríamos de receber, de vez em quando, mais conselhos da nossa mãe. O LIVRO DAS RESPOSTAS DAS MÃES apresenta, em cada página, as frases típicas das nossas mães. Basta concentrar-nos numa questão, pensar O Que Diria A Minha Mãe?, abrir, e teremos uma resposta vinda de todas as mães do mundo. A série LIVRO DAS RESPOSTAS segue a prática da bibliomancia, ou previsão do futuro através de livros.


Para chorar horrores:

O Diário de Suzana para Nicolas (resenha AQUI)
Autor: James Patterson

Depois de quase um ano juntos, o poeta Matt Harrison acaba de romper com Katie Wilkinson. A jovem editora, que não tinha qualquer dúvida quanto ao amor que os unia, não consegue entender como um relacionamento tão perfeito pôde acabar tão de repente. 
Mas tudo está prestes a ser explicado. No dia seguinte ao rompimento, Katie encontra um pacote deixado por Matt na porta de sua casa. Dentro dele, um pequeno volume encadernado traz na capa cinco palavras, escritas com uma caligrafia que ela não reconhece: “Diário de Suzana para Nicolas”.
Ao folhear aquelas páginas, Katie logo descobre que Suzana é uma jovem médica que, depois de sofrer um infarto, decidiu deixar para trás a correria de Boston e se mudar para um chalé na pacata ilha de Martha’s Vineyard. Foi lá que conheceu Matt. E lá nasceu o filho deles, Nicolas.
Por que Matt teria lhe deixado aquele diário? Agora, confusa e sofrendo pelo fim do relacionamento, é nas palavras de outra mulher que Katie buscará as respostas para sua vida.
O diário de Suzana para Nicolas é uma história de amor que se constrói ao virar de cada página. Cada revelação é mais uma nuance sobre seus personagens. Cada descoberta é um fio a mais a ligar vidas que o destino entrelaçou.



A Filha da minha mãe e Eu

Autora: Maria Fernanda Guerreiro

Sensível e tão real a ponto de fazer você se sentir parte da família, A filha da minha mãe e eu conta a história do difícil relacionamento entre Helena e sua filha, Mariana. A história começa quando Mariana descobre que está grávida e se dá conta de que, antes de se tornar mãe, é preciso rever seu papel como filha, tentar compreender o de Helena e, principalmente, perdoar a ambas. Inicia-se, então, uma revisão do passado – processo doloroso, mas imensamente revelador, pautado por situações comoventes, personagens complexos e pequenas verdades que contêm a história de cada um.


Para rir:


Mães em Guerra

Autora: Jill Kargman
Toda mãe é capaz de cometer loucuras pelo bem de seu filho. Mas o que fazer quando a loucura vira o normal? Ao mudar-se para um dos bairros mais elegantes de Nova York com o marido Josh e a filha Violet, de dois anos, Hannah Allen se vê não só diante de um estilo de vida totalmente diferente do seu como no meio de uma verdadeira guerra de mães. Por trás da aparência de bonequinhas de luxo, suas novas vizinhas revelam-se beeem cruéis, prontas para destruir qualquer uma que represente a ameaça de ser uma mãe "melhor" do que elas.
Olha só que interessante, na pesquisa deste post descobri que a nova tendência Norte-Americada são os “Mom Lits”, literaturas voltadas para as mulheres jovens e mães. Achei incrível!!!


Espero que gostem destas dicas e comentem aqui em qual dica literária você e sua mãe ou você e seu(s) filho(a/os) se encaixam....

Eu adoraria ter ganho "Vai ficar mais fácil" quando meu Fernando nasceu...

FELIZ DIA DAS MÃES!!!!



5 comentários:

  1. Eu já li o Diário de Suzana para Nicolas, e acho lindo para o Dia das Mães.
    Bjos!
    Cida
    http://www.moonlightbooks.net/

    ResponderExcluir
  2. Mães em Guerra , eu já to de olho, parece ser realmente cômico. Adorei a nova aparência do blog, ficou lindo.
    Feliz dia das Mães. Beijos

    http://leiturasdepaty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Super legais as dicas!
    Estou querendo muito ler A Filha da minha mãe e Eu, parece ser muito bom!
    Adorei seu blog, estou seguindo.

    Beijinhos
    Marta
    http://aspalavrasfugiram.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Novo Conceito arrasa!!!!!!!!!!!!!!!
    Vou fazer B.T do livro A Filha da minha mãe e Eu! Acho um tema interessante.

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler O Diário de Suzana para Nicolas e Mães em Guerra parece ser divertido!

    Bj
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para nós e será sempre respondido, volte para conferir!
Se possível, deixe o link de seu blog, adoramos conhecer espaços novos e retribuir a visita!